BOLINHA DE GUDE BEM INTENCIONADA

Parabéns, hoje você encontrou uma bolinha de gude bem intencionada!!!

Parabéns!!! Você atraiu uma Bolinha de Gude Bem Intencionada. Ao embalar cada bolinha é criada a boa intenção, para quem a receber, de pensamentos felizes e prósperos. O convite é para que você possa continuar reprogramando sua bolinha de gude com seus pensamentos de esperança, foco e felicidade. A proposta dessa ação e desse blog é disseminar uma corrente de felicidade pelas cidades. Para isso é proposto, que toda vez que tocar na bolinha, você tenha pensamentos de gratidão, doação e intenção (veja mais informações nos textos laterais e postagens).
Nenhuma ação mística ou espiritual é atribuída a bolinha de gude a não ser o uso da mesma para condicionar boas práticas de pensamentos positivos e intencionalidades. Boa sorte!!!

Eric Boragan Gugliano

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Procedimento para "gravação" das boas intenções em cada bolinha.

1- As bolinhas são deixadas no ambiente externo para "condicionamento" dos fatores da natureza como vento, chuva, sereno, luminosidade, sol e magnetismo.


2-Após 24 horas deixadas no ambiente exterior as bolinhas serão condicionadas com gravações mentais das boas intenções. Primeiramente as mãos e a bancada são esterilizadas com álcool.



3-Antes da manipulação das bolinhas é realizada uma meditação com lembranças boas. Eu costumo dizer que são fotografias mentais que tiro desde criança dos eventos felizes. Por algum tempo essas lembranças e sensações são resgatadas com sentimento de  profunda gratidão.


4-Posteriormente a meditação é retirada cada bolinha e colocada  entre as mãos expressando gratidão e desejando: equilíbrio, paz, saúde e prosperidade para quem encontrá-la. Portanto a bolinha recebe "gravações mentais" de gratidão e doação das boas intenções.




5-Ao término do condicionamento das boas intenções, cada bolinha recebe uma gota de aromatizador. O desejo mentalizado é que a pessoa que a encontrar tenha sua vida perfumada pois é merecedora e teve a sorte de encontrar a bolinha de gude bem intencionada.



6-O passo final é guardar cada bolinha em um saquinho de presente com o cartão da indicação do blog para que o receptor entenda os objetivos da prática das boas intenções. Neste momento é mentalizado  que somente após a abertura do presente, a energia armazenada na bolinha se dissipe para quem a tocar primeiramente.


7- Os pacotinhos contendo as bolinhas de gude bem intencionadas são armazenados em um Baú especial, antes de serem doados:




8- As bolinhas de gude bem intencionadas poderão aparecer em qualquer lugar. Parabéns por ter encontrado.







MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA BOLINHA DE GUDE BEM INTENCIONADA


quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

BOLINHAS DE GUDE EM PORTUGAL

    Diariamente faço meditações e mentalizações de boas intenções espalhando as bolinhas de gude pela Região Metropolitana da Cidade de São Paulo e nesta última semana algumas bolinhas invadiram a Comic Con e a Arena do Time do Palmeiras Allianz Park.  Você deve estar se perguntando: " O que esse cara ganha com isso?"  Na verdade quando doamos pensamentos bons para alguém essa energia retorna de maneira muito positiva em nossas próprias vidas e toda manhã quando "programo cada bolinha com boas intenções" tenho que buscar em minha própria história os pensamentos de situações boas vividas e cada vez mais o sentimento de gratidão aumenta. 
     Essa prática iniciou em 2008 durante as minhas aulas inaugurais nas Faculdades e Escolas em que lecionava. Logo a idéia espalhou-se entre os alunos e era comum sempre ter alguém a minha procura atrás das famosas bolinhas de gude, inclusive tinha gente que levava a bolinha para parentes em outros estados brasileiros. Na época eu comecei a receber mensagens para enviar a bolinha pelo correio e a mesma também viajou para vários lugares e foi muito positivo receber mensagens sobre o uso do poder da mente. Desde 2015 iniciei uma prática em deixar a bolinha de gude em lugares públicos como um presente surpresa para quem a encontrasse e também tenho recebido diversos tipos de mensagens sobre o significado do encontrar a bolinha e o de desejar coisas boas para outra pessoa. Me chamou a atenção uma mãe aflita pela saúde do filho e quando encontrou a bolinha me escreveu sobre o acender a esperança em melhorar os cuidados com a criança. Até o momento foram doadas em torno de 5.000 bolinhas de gude e recebo mensagens também dos alunos antigos que guardaram a bolinha como uma boa recordação do tempo em que tiveram aula comigo. 
     Na próxima semana (entre os dia 10 de dezembro e 17 de dezembro) 300  bolinhas de gude bem intencionadas invadirão Portugal, principalmente Lisboa, Coimbra e Porto. Nesta semana que antecede a viagem eu cessei a distribuição por São Paulo e estou preparando cada bolinha com gravações mentais de boas intenções aos amigos Portugueses. Primeiramente entrei em contato com uma amiga moradora de Lisboa que me garantiu que a idéia era muito boa. Eu já estive em  Portugal antes e posso dizer que Lisboa  já é uma cidade iluminada por natureza, pois os raios do Sol que incidem na Capital parecem exercer uma luminosidade impressionante e que deixa tudo mais belo. É impossível andar por Portugal sem reconhecer nossa irmandade com os Portugueses e também nossa própria história que é demonstrada o tempo todo pelas construções, museus e estátuas. Eu me peguei admirando a manhã ou o pôr do Sol nos Rios Tejo, Mondego ou o Rio Douro e esses rios parecem exercer uma hipnose convidativa para lançar-se ao mar e não é atoa  também que Fernando Pessoa E Camões tiveram tanta inspiração poética. Estou muito feliz pelo retorno a esse país maravilhoso e mais ainda por presentear seus moradores com bolinhas de gude bem intencionadas. Se você, amigo Português, encontrar uma bolinha lhe desejo sorte e peço para continuar a corrente das boas intenções usando a bolinha para ter pensamentos de gratidão, doação e intenção- veja em outras postagens como "reprogramar" sua bolinha de gude.

"Sozinho, no cais deserto, a esta manhã de Verão,
Olho pró lado da barra, olho pró Indefinido,
Olho e contenta-me ver..." Fernando Pessoa

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

FELICIDADE E OTIMISMO

As pessoas que só pensam em si mesmas são presas fáceis do pessimismo. Enquanto estamos preocupados com nossos próprios problemas continuaremos a sofrer. Daisaku Ikeda (filósofo contemporâneo) diz que devemos nos tornar senhores da nossa mente não permitindo que o pessimismo nos domine. Sua orientação é para que possamos reprogramar nossa mente e redirecionar para o otimismo.  Quando não fazemos isso permanecemos escravos de nós mesmos.  A felicidade pode ser treinada quando, diariamente, destinamos um tempo para relembrar de fatos alegres em nossa vida, sendo gratos pelo que somos.  Se focamos apenas nos pensamentos negativos, nos culpando por alguma atitude, nos tornamos escravos desse pessimismo. Uma mente bem treinada é capaz ainda de desejar sentimentos bons para outras pessoas de maneira desinteressada. A nossa prática das boas intenções, tem o objetivo de treinar a gratidão e a  doação primeiramente. Primeiro a gratidão, segundo a doação de boas intenções e, por último,  nosso desejo especial para  que algo aconteça em nossa vida: INTENÇÃO. Essa prática da intencionalidade tem um poder enorme de transformar sua condição mental. Quantas vezes por dia puder realizar a prática mais condicionada estará sua mente para a prática da felicidade e criação de  otimismo. Não se esqueça: Gratidão; Doação;Intenção.  

Conte sua experiência da prática da intencionalidade e também como foi sua reação de encontrar uma bolinha de gude.

Escreva para:
bolinhadegudebemintencionada@gmail.com


domingo, 9 de outubro de 2016

VOCÊ É A PESSOA MAIS IMPORTANTE DE TODO UNIVERSO!!!

Deixe de lado todas as preocupações que te afetam no momento. Comece a lembrar de sua história de vida e de momentos bons. Colecione esses momentos para sempre passar em sua tela mental como um filme em sua mente. Você é a pessoa mais importante do Universo porque é única!!!Os problemas e dificuldades passam; acredito que você tenha como contorna-los, mas pra isso precisa acalma-se e confiar em si próprio (a). Apegue-se a sua fé!!! Respire fundo e sinta-se importante simplesmente por estar vivo (a)!!! Busque a felicidade dentro de você. Use a bolinha bem intencionada para lembra-se disso diariamente. Parabéns por ter encontrado uma bolinha na data de hoje. São apenas 400 bolinhas espalhadas no mês pelas cidades e, encontra-la, significa que você já tem sorte!!! Obrigado por ler esse blog!!! Felicidades!!!

domingo, 18 de setembro de 2016

O Vício do Pensamento.


Documentário: Quem somos nós.2004 - What the Bleep Do We Know!?Seleção de Cena

Nosso cérebro está condicionado pelas nossas emoções. Estamos realmente viciados em emoções. Todo condicionamento realizado desde criança criou uma rede neural e uma preferência por certos neurotransmissores viciosos. Portanto, não são apenas drogas que viciam. Tem pessoas viciadas em sofrimento, em vitimização, em sexo, em compulsão, em raiva, ira... Precisamos o tempo todo de estímulos ambientais para satisfazer esse vício. O problema é que não percebemos isso e sempre culpamos a má sorte pelas escolhas seguidas. O sistema límbico ( sistema de emoções que integra o cérebro) possui várias conexões com estruturas cerebrais. Uma delas é o hipotálamo que fica localizado acima da hipófise (glândula mestre que possui o controle de várias outras glândulas). Essa parte selecionada do documentário mostra os pensamentos ativando o hipotálamo e secretando vários neuropeptídeos  que vão exercer uma função determinada em várias células do corpo. Desse modo, cada célula receberia uma informação emocional, ativando seu material genético. Isso demonstra que pensamentos equilibrados e carregados de energia de felicidade podem condicionar positivamente as células, assim como o contrário também ocorre com os pensamentos negativos.  Se quisermos transformar nossa vida e nossa realidade, devemos começar com a mudança do padrão de pensamento.

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

MENSAGEM DA ÁGUA


O pesquisador Japonês Masaru Emoto analisou o efeito da intenção (pensamento) durante o congelamento da água. Surpreendentemente  ele obteve resultados diferentes na formação do cristal de água de acordo com a intenção. Intenções de amor e paz formavam cristais perfeitos, enquanto intenções de ódio e raiva distorciam a formação do cristal. Nosso corpo é formado em torno de 70% de água. Se um simples pensamento conseguiu afetar a molécula de água externa, imagine o que poderá fazer com a água de nosso organismo.

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

HAPPY


            De acordo com pesquisas, o estado de felicidade depende de três fatores: O maior fator , correspondente a 50% do nível de felicidade, seria a herança genética.  Recebemos uma carga genética  que influenciaria o nível de neurotransmissores responsáveis pela felicidade, principalmente a dopamina. Nascemos com um nível de felicidade que será mantido no decorrer da vida. O segundo fator e , menor fator  correspondente apenas a 10% do nível de satisfação e felicidade, seria o  financeiro, status social e saúde. É de se espantar que a condição financeira corresponde a pequena porcentagem do estado de felicidade, mas é o que as pesquisas demonstraram ao se avaliar o grau de felicidade das pessoas com o aumento da condição financeira. È claro, que quando se avalia a condição de quem não tem condições mínimas de sobrevivência, o nível de felicidade pode dobrar se a pessoa consegue mudar . Porém existe um limiar financeiro que não se acrescenta mais felicidade quando dobra. Isso significa que a aquisição financeira não é correspondente ao aumento de felicidade.  Porém o grau de felicidade pode ajudar a conquistar melhores condições financeiras e sociais pois as   pessoas vão gostar mais de quem é feliz no trabalho. O  terceiro nível , bem significativo e que vem após a condição genética, é o nível denominado de comportamento intencional que corresponderia a 40% do nível de felicidade. É  o que fazemos intencionalmente e que nos trás a felicidade. O Psicólogo Mihaly Csikszentmihalyi usa a denominação de “flow” ou fluxo que são comportamentos que adotamos e nos mantem felizes sem mesmo ter o retorno financeiro ou  status social. Pode ser praticar esporte, dançar, tocar um instrumento... Quando fazemos essas atividades estamos dentro desse fluxo e sinergia com a consciência nos trazendo prazeres felizes. Isso possui maior representatividade pois é constante, diferente de quando compramos um carro novo, ganhamos um prêmio, dinheiro, troféu cuja energia é passageira e não mantêm pra sempre esse fluxo da felicidade. Nesse momento as pessoas sentem-se no controle e esquecem dos seus problemas. Vamos construindo um pensamento de que vale a pena viver a vida. Esse fluxo pode acontecer em qualquer lugar e situação mantendo o mesmo nível de felicidade entre duas pessoas bem diferentes como  uma que mora em uma cidade rica e que possui bens financeiros, comparando-se a outra que vive em um cidade pobre e  com poucos recursos financeiros.As pessoas que sentem esse fluxo são mais felizes  com maior regularidade do que as pessoas que não sentem. Os cientistas determinam que a felicidade pode ser treinada também. A fórmula da felicidade não é a mesma para todo mundo , mas o que gostamos de fazer é o componente principal para um vida mais feliz: brincar, experimentar coisas novas,  nossos amigos e família, fazer coisas com significado social, ser grato e apreciar aquilo que temos, essas são as coisas que correspondem aos 40% do nível de felicidade e que são gratuitas.  Quanto mais felicidade nós temos mais as pessoas em nossa volta também serão beneficiadas.

Recomendo assistir ao documentário Happy. Abaixo o link do youtube com algumas seleções de cenas. O documentário completo pode ser assistido diretamente no Netflix.


quinta-feira, 21 de julho de 2016

Ciência do impossível -SCI

   Há tempos o uso de poderes psíquicos são observados, mas agora a ciência está dando mais ênfase ao entendimento desses poderes.  O programa denominado a ciência do impossível, do canal SCI, conta várias histórias de como isso é possível.  Uma delas é de  Joe McMoneagle, soldado americano que lutou na guerra do Vietnã e foi seriamente ferido. Quando se recuperou, desenvolveu  capacidades psíquicas. De sua casa ele conseguia enxergar lugares distantes.   O pesquisador Ed May convenceu a CIA de que poderiam utilizar esses poderes para enxergar o campo inimigo. Baseado em fotos de pessoas John consegue descrever em torno de 70% o lugar onde a pessoa se encontra. O programa SCI fez um teste com John o entregando a foto de uma pessoa que havia estado no aeroporto de  Stanled -Inglaterra. Curiosamente ele descreveu com detalhes o lugar como a cobertura , vidros, luz, claraboia, a capela, estação de metrô, motores. Ele capta fragmentos mentais do observador, apenas olhando para sua foto. Esse dom é denominado de Percepção Extra Sensorial (ESP).  O pesquisador Ed May conclui que estamos lidando com outro sistema sensorial que seria o nosso sexto sentido.

   Como ondas de rádio que chegam a todo momento, podemos sintonizar uma dessas ondas.  O Pesquisador Michio  Kaku (Universidade de Nova York) acredita que existe uma hipernergia em dimensões mais altas e que podemos ter acesso a esse hiperespaço através da mente. A tecnologia moderna não detecta essas outras dimensões. Para ele o hiperespaço explicaria a ESP.

Outra aplicação para o uso da ESP é a parceria na solução de crimes. O policial Richar Keaton trabalha há 30 anos com parceiros psíquicos como Amnette Martin. Ela consegue descrever com precisão as imagens, cheiro, audição como se fosse uma fita de vídeo gravada da cena do crime. Ao observar a foto de uma pessoa ela  descreve poder captar a energia impregnada . Esse tipo de parcerias inspirou, inclusive, várias séries e filmes americanos.

A Pesquisadora Brenda Dunn do laboratório de Princeton está desenvolvendo um projeto onde voluntários conseguem influenciar um aparelho de computador apenas com a intenção. O computador gera números maiores ou menores do que 100 de forma aleatória. O voluntário determina se o número será maior ou menor e consegue controlar as aparições dos números na tela apenas com a intenção mental. De acordo com o pesquisador Bob Jahn (da mesma universidade)  a mente consegue afetar a matéria com certeza. Essa ciência é denominada de psicocinese onde apenas a vontade do sujeito afeta a matéria. Experimentos demonstraram que intenções a distância podem afetar a diminuição dos batimentos cardíacos de uma pessoa, assim como curandeiros que conseguem afetar uma amostra de tecido coletada. Mas a cura de fato, segundo o pesquisador, apenas acontece quando a mente do paciente colabora no nível mais profundo de sua psique e que a cura psíquica acontece quando nossa mente diz a mente do paciente o que fazer.

   Em Nevada a pesquisadora Maryn Schimity  realiza experimentos com voluntários que  são avaliados em sua reação mental a cada imagem aleatória que aparece no computador. Quando são imagens bonitas a reação é bem diferente de imagens de crimes, por exemplo, o que é o esperado. O mais interessante desse experimento é que a reação acontece antes da foto aparecer, como se a mente da pessoa já soubesse a imagem que apareceria, portanto utilizando da interação com outra dimensão do tempo e espaço.

   O programa termina com a história de George Rodonaia um pesquisador e ateu Russo que foi atropelado e faleceu no hospital ficando por 03 dias no congelador. Ele descreve sua experiência de mudança de consciência e o que observou, inclusive o nascimento da filha de seu melhor amigo. A criança não parava de chorar e nenhum médico descobria. Ele sabia que ela estava com o quadril deslocado. Quando foram fazer sua necropsia (após 03 dias ) ele acordou e pode comprovar suas visões de morte. A menina faleceu alguns dias depois.  George mudou-se para os EUA e hoje atua como pastor.

   A fé é uma ferramenta essencial e a mente pode se movimentar no tempo e espaço.  O único meio para acessar o hiperespaço é treinar a mente para deixar o corpo através da meditação profunda. Portanto a ciência afirma que podemos nos transportar no tempo e espaço  enxergando situações distantes, assim como, afetando a matéria não viva e viva com nossa intencionalidade.




  Convido a assistir a esse documentário no link  acima para perceber que histórias como a bolinha de gude bem intencionada não são meras invenções e que o poder da intencionalidade cada vez mais está sendo estudado.

domingo, 24 de abril de 2016

EU POSSO MUDAR






Caminhando pela vida nos encontramos com pessoas e situações. A vida é uma sinfonia onde tentamos fazer finais se encaixarem...ficamos escravos do dinheiro e um dia morremos. "Eu  posso mudar, posso mudar, posso mudar... "  Mas criamos um molde de quem nós somos que acredita que não possamos muda-lo. Temos que ter coragem para mudar o molde e  determinação para continuarmos caminhando sempre e encontrarmos pessoas que nos acompanhem nessa caminhada.    

http://www.vagalume.com.br/the-verve/bitter-sweet-symphony-traducao.html
                                  

INTUIÇÃO



   Todos nós já passamos por aquele momento em que temos que decidir sobre uma mudança em nossas vidas. A "estrada se divide em duas" revelando dois caminhos a serem seguidos. Qual a melhor escolha do  caminho certo? Tentamos usar o racional e escolher mediante nossa idéia sobre cada caminho e os conceitos de mundo que aprendemos. Mas algo dentro de nós as vezes parece dizer que apesar daquele caminho ser, logicamente o melhor, algum incômodo- quase que uma sensação física- parece dizer que estamos errados. E quando o caminho já foi escolhido, fica aquela sensação " eu já sabia!!!" Isso é denominado de intuição!!! Mas qual a definição de intuição? Intuição é um tipo de conhecimento que existe dentro da gente e que algumas pessoas apreenderam a usar ou dar ouvidos. Grandes cientistas, entre eles o físico Albert Einstein, considerado o maior intuitivo da história, enfatizaram o valor do potencial intuitivo (redação super). De acordo com a psicóloga Virginia Marchini dos Santos, fundadora do Centro de Desenvolvimento do Potencial Intuitivo, a intuição é um conhecimento, como o racional, só que vem do nosso lado inconsciente. Para trabalhar com a intuição é preciso aceitar a existência de um inconsciente atuando na sua vida e que as pessoas que usam bem a intuição, são pessoas que confiam nela, enquanto as outras acham besteira. Portanto a  maior dificuldade seria aprender a confiar na intuição. A pessoa que apresenta essa dificuldade normalmente tem a inteligência emocional baixa. 
  Para se aprimorar a intuição,  primeiramente seria  necessário desenvolver a inteligência emocional começando pelo desenvolvimento de três habilidades  básicas: conhecer a si mesmo, tratar as pessoas de maneira adequada e desenvolver o autocontrole. Pessoas emocionalmente inteligentes administram as emoções e preparam-se para a integração com as demais pessoas; pensam de maneira positiva; apresentam flexibilidade e é resistente frente a situações ruins procurando sempre soluções. Daniel Goleman (1995) diz que a inteligência emocional é a maior responsável pelo nosso sucesso. Essa inteligência é denominada de QE (quociente emocional), diferentemente do QI ( quociente de inteligência) é a maior responsável pelo sucesso profissional e representa uma habilidade que pode ser desenvolvida. 
   Portanto a escolha de um caminho depende de estarmos  equilibrados  emocionalmente, usar a estratégia lógica e aplicar a intuição. Quando fizermos uma escolha devemos perguntar  ao "coração" se é a melhor escolha  e , a partir daí, dar o primeiro passo rumo ao caminho escolhido... 
   Termino essa postagem com a música de Sellena Gomes (Intuition): "Eu vou seguir a minha intuição.Dizer a mim mesma para ouvir. Pois vai dar tudo certo. O dia vai ser bom....Preciso seguir o que parece ser certo.Não preciso sempre de um motivo."

GOLEMAN, Daniel,; SANTARRITA, Marcos (Tradutor). Inteligência emocional: a teoria revolucionária que redefine o que é ser inteligente. 10. ed. Rio de Janeiro: Objetiva, 1995. ii, 375 p. ISBN 8573020806.


REDAÇÃO SUPER.  O que é intuição? Disponível em : http://super.abril.com.br/comportamento/o-que-e-intuicao